Especial BDD


Link

Nas áreas conservadas do Sul da Bahia, existem centenas de espécies de aves, algumas delas até mesmo ameaçadas de extinção, como o urutau-de-asa-branca, o chauá e o anambé-de-asa-branca. O festival tem o objetivo de sensibilizar sobre a importância da conservação da natureza, usando as aves livres como principal atrativo. “É uma forma lúdica de envolver a população local e os turistas que visitam a região para que eles também se tornem defensores dessa causa”, explica Priscilla Sales, coordenadora do evento e analista ambiental da Veracel.

O Festival acontece de 30 de maio a 1º de junho na Cidade Histórica de Porto Seguro. O evento é gratuito e contará com atividades de educação ambiental como oficinas, contação de histórias, jogos e exposição de fotografias. Também serão realizadas palestras sobre “Prejuízos da caça ilegal de animais silvestres” e “Análise da biodiversidade de avifauna na região de Porto Seguro”. Ainda como parte da programação, tem a Observação de Aves, atividade desenvolvida há mais de dois anos na região que já atraiu mais de 700 pessoas de diversos países para a RPPN Estação Veracel.

Beija flor balança rabo canela uma das aves em extinção. (Foto: Jailson Souza )

O 2º Festival de Aves é uma realização da RPPN Estação Veracel, Parque Nacional do Pau Brasil, Refúgio de Vida Silvestres do Rio dos Frades, RPPN Rio do Brasil e da Universidade Federal do Sul da Bahia. O evento também conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Porto Seguro, do Shalimar Praia Hotel, da Associação Despertar Trancoso, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, IBAMA/CETAS, Vitrine Mídia e o Grupo A.R. Hotéis e Receptivo.

RPPN Estação Veracel: Com 20 anos de existência, a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RRPN) Estação Veracel, localizada no Sul da Bahia, possui mais de 6 mil hectares que se estendem pelos municípios de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália. O local abriga importantes pesquisas sobre a Mata Atlântica e desenvolve programas de educação ambiental e observação de aves.

Em 1998, a Estação Veracel foi reconhecida pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) como RPPN e é também reconhecida como sítio do patrimônio mundial natural da humanidade pela UNESCO. Em abril, o local se tornou um centro de pesquisa e difusão científica com a implantação do Observatório de Aves – RPPN Estação Veracel.

Porto Seguro sedia o 2º Festival de Aves de 30 de maio a 1º de Junho

Confira abaixo a programação completa:

DIA 30/05, QUINTA-FEIRA
ATIVIDADES AO AR LIVRE
Das 9 às 16h

- Contação de história no ônibus com Fada Dália

- Oficina de máscara de papel

- Oficina de pintura

- Jogos - pique-aves, corvos e corujas, presa e predador

- Jogos de mesa com o tema aves

- Exposição de fotografias

OBSERVAÇÃO DE AVES LIVRES
Às 9h e às 15h

ATIVIDADES NO MUSEU
- 9h30 -  Abertura oficial

- 10h - Palestras:

- “Impactos sociais da observação de aves”, com Daniel Cywinski - Surukua Consultoria Socioambiental/Coordenador do Festival de Aves de Paraty

- “Observação como ferramenta para desenvolvimento econômico e ambiental”, com Guto Carvalho - Avistar Brasil

- 13h - Palestra: “A importância dos Centros de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) para a proteção do meio ambiente”, com Cid Teixeira - IBAMA/CETAS

- 14h - Palestra: “Roda de Conversa com observadores de aves de Porto Seguro”, com Marcelino Dias - consultor ambiental e Jailson Souza - RPPN Estação Veracel.

DIA 31/05, SEXTA-FEIRA

ATIVIDADES AO AR LIVRE
Das 9 às 16h

- Contação de história no ônibus com Fada Dália

- Oficina de máscara de papel

- Oficina de pintura

- Jogos - pique-aves, corvos e corujas, presa e predador

- Jogos de mesa com o tema aves

- Exposição de fotografias

OBSERVAÇÃO DE AVES LIVRES
Às 9h e às 15h

ATIVIDADES NO MUSEU
- 9h - Palestra: “Prejuízos da caça ilegal de animais silvestres”, com Cid Teixeira - IBAMA/CETAS

- 10h - Palestra “Como a observação de aves abriu portas para o meu futuro”, com Gabriel Bonfa - estudante de Ciências Biológicas na Faculdade Pitágoras/voluntário do Projeto Harpia

- 11h - Palestra “Análise da biodiversidade de avifauna de um sistema agroflorestal na região de Porto Seguro - BA”, com Erica Bruna - estudante de Ciências Biológicas na UFSB

- 13h - Palestra “Observação de aves, educação ambiental e construção do conhecimento científico”, com Daniel Cywinski -Surukua Consultoria Socioambiental/Coordenador do Festival de Aves de Paraty

- 14h – Mini-curso “Introdução à observação de aves”, com Luciano Lima - Observatório de Aves - RPPN Estação Veracel

DIA 1º/06, SÁBADO

ATIVIDADES AO AR LIVRE
Das 13 às 16h

- Contação de história no ônibus com Fada Dália

- Oficina de máscara de papel

- Oficina de pintura

- Jogos - pique-aves, corvos e corujas, presa e predador

- Jogos de mesa com o tema aves

- Exposição de fotografias

OBSERVAÇÃO DE AVES LIVRES
Às 15h

ATIVIDADES NA TENDA PRINCIPAL
13h – Roda de Conversa com jovens observadores de aves, com a participação de Gabriel Bonfa  - estudante de Ciências Biológicas na Faculdade Pitágoras/voluntário do Projeto Harpia e Maicon Santos - Associação Despertar Trancoso

14h - Palestra “Como estudamos as aves e o que elas nos ensinam”, com (Luciano Lima - Observatório de Aves - RPPN Estação Veracel

Link

Para maior comodidade aos que buscam qualificação para o mercado de trabalho, a Unopar vai realizar dois vestibulares para turmas que iniciam no final de julho em Itabela. As provas acontecem no próximo sábado (18) e quinta-feira (23), às 10h e 18h30, respectivamente. As inscrições são gratuitas.

Mais de 40 opções de cursos são disponibilizadas para o vestibular 2019.2, como: agronomia, enfermagem, serviço social, história, educação física, arquitetura, agronegócio, teologia, filosofia, comercio exterior turismo, nutrição, engenharia civil, engenharia elétrica, engenharia mecânica, engenharia de produção, administração, gestão ambiental, recursos humanos, logística, contábeis, pedagogia, entre outros.

Com a chegada de novos cursos ao polo de Itabela este ano, agronomia foi um dos mais procurados. O curso ensina a melhorar e a conservar a qualidade e a produtividade de plantações e rebanhos, o que pode ser usado na região produtora de café e gado. A primeira turma iniciou os estudos em fevereiro e conta com aulas práticas.

A Unopar possui salas de aula climatizadas, laboratório de informática, central de módulos, acesso para PNE e um atendimento especializado. Mais informações pelo WhatsApp (73) 98869-7446 ou no polo Itabela, localizado na Rua Uruguaiana, nº370, centro da cidade, com horário de funcionamento de 14h às 20h, de segunda a sexta.

Link

Um novo jeito de cuidar da saúde foi inaugurado em Eunápolis na noite desta quarta-feira (24). O Cartão Viva Saúde oferece para seus clientes serviços de qualidade e descontos expressivos. A nova sede, que foi idealizada pelos sócios-diretores Romeu Guerra e Nilça Feitosa, é essencial para quem deseja cuidar da saúde com agilidade, comodidade e economia.

Em um ambiente moderno, climatizado e sofisticado, o Viva reuniu profissionais, parceiros, imprensa e convidados em um coquetel de lançamento. “Uma boa localização, um ambiente confortável e agradável que o eunapolitano merecia”, disse a convidada Fabiana Lima.

Evento de lançamento, contou com a presença dos diretores do Cartão Viva Saúde. (Foto: Assessoria/Viva Saúde)
O Viva e chega a Eunápolis disponibilizando cerca de 50 profissionais, sendo 20 especialistas médicos e outros atuantes em diversas áreas da saúde. “O slogan do cartão viva é gente cuidando de gente, então a gente preza pela humanização no atendimento, todos os profissionais tem esse diferencial”, pontuou o médio especialista em ultrassonografia e ecocardiografia, Camilo Rocha.

Filial que já está em pleno funcionamento, fica situada na Avenida Dom Pedro II, nº 490, ao lado do banco do nordeste, centro de Eunápolis. (Foto: Assessoria/Viva Saúde)

Com mais de 4.500 clientes, o Cartão Viva Saúde já é referência na região com quatro planos. “Nós temos quatro planos, os dois principais são: o Essencial e o Familiar, que são para a população em geral, o que diferencia é a mensalidade e a consulta. Especialmente para a população idosa temos o Mais Saúde que funciona como check-up para essa população cuidar melhor da saúde e temos também o Doce Maternidade, que é o exclusivo para as grávidas fazerem o acompanhamento da gravidez com mais tranquilidade”, destacou a gerente da unidade de Eunápolis, Raíssa Guerra.

Cartão Viva Saúde inaugura novo conceito em saúde com filial em Eunápolis

A unidade, que já está em pleno funcionamento, fica situada na Avenida Dom Pedro II, nº 490, ao lado do banco do nordeste, centro de Eunápolis e funciona de 8h às 18h. Mais informações pelo telefone: (73) 3281-6369.

Link

Em clima das comemorações da Páscoa, a Agrossal Modas montou um verdadeiro showroom, na quinta-feira (18), para exibir sua coleção de outono/inverno com produtos da linha infanto-juvenil.

Com direito a tapete vermelho para 20 crianças e adolescentes exibiram diversas roupas das marcas. (Foto: Alex Gonçalves/BAHIA DIA A DIA)

Durante os turnos matutino e vespertino foram realizados desfiles, com direito a tapete vermelho para 20 crianças e adolescentes, que exibiram diversas roupas das marcas Precoce, Luluzinha e Colcci Fun.

Quem adquirir os produtos da coleção em questão até o sábado (20) vai ganhar um super desconto com 20% e, nas compras acima de R$ 500, ganhará um brinde da Cacau Show.

Com direito a tapete vermelho para 20 crianças e adolescentes exibiram diversas roupas das marcas. (Foto: Alex Gonçalves/BAHIA DIA A DIA)

“Como a Páscoa é um momento mágico para as crianças, aproveitamos a data comemorativa para mostrarmos a ampliação do nosso espaço kids e nossa coleção outono/inverno que está lindíssima com peças para crianças e adolescentes de todas as idades”, destacou a proprietária Viviane Rodrigues.

Peças com desconto de 20% nesta seguem até sábado; Acima de R$ 500 ganha brinde Cacau Show

Foi servido lanches para os participantes e entrega de brindes. A Agrossal Modas está localizada na Rua Santos Dumont, nº 60, centro de Itabela. Mais informações pelo telefone (73) 98148-4072.

Abrir

Galeria de Fotos

Link

A 4ª edição da Meia Maratona do Descobrimento aconteceu na manhã deste domingo, 14, quase dobrando o número de competidores em relação ao ano anterior. Foram 2.500 competidores, que largaram da Praça das Pitangueiras, sentido Orla Norte, de Porto Seguro, para percursos de 5 Km, 10 Km e 21 Km.

Entre os atletas, estavam representantes internacionais do Quênia e de 22 estados brasileiros. Foram 70 indígenas, oito cadeirantes, 300 crianças na Maratoninha Kids e o restante são participantes nas corridas gerais.

A estrutura do evento ofereceu apoio aos corredores durante o percurso com pontos de hidratação e equipe de suporte, stands de saúde, ambulâncias, mesa de frutas, showroom de empresas parceiras, palco para show do cantor Marcos Val, além de todo aparato de sonorização, sinalização e segurança.

Desafio

Os quenianos, Geofrey Kipchumba e Sahron Chelmo, conquistaram o primeiro lugar nas categorias de 21 KM (Masc e Fem). Em uma disputa acirrada diante da torcida brasileira, o queniano Geofrey Kipchumba seguiu todo o percurso em uma grande competitividade até a chegada final, consequindo a primeira colocação, com uma diferença de 1min39seg à frente do maratonista, Giovani dos Santos, que desta vez, ficou em segunda colocação, mas garantiu que a prova foi importante para sua preparação para a Maratona de Berlim, na Alemanha, no dia 28 de abril. Para Sahron, vencedora no Feminimo, o clima foi o que mais a dificultou. “Não estava acostumada a esse clima, mas mesmo assim, cobrei forças e dei o máximo de mim”, diz entusiasmada com os aplausos da torcida.

Keniana Sahron Chelmo, conquistou o primeiro lugar nas categorias de 21 KM feminina. (Foto: Ascom/Divulgação)

Premiação

A premiação contou com a participação dos secretários municipais de Espote e Lazer, Enildo da Gama (Roló); Relações Institucionais, Maurício Pedrosa; chefe de Gabinete, Josemar Siquara; além do representante do Governo do Estado, Gustavo Miranda; vereadores e representantes de empresas parceiras.

Além de troféus, os cinco atletas mais bem classificados nos 21 KM e da categoria Cadeirante Tradicional e Tricíclo também ganharam prêmio em dinheiro, ao todo foram 18 mil reais entregues. Além disso, também houve entrega de brindes das empresas parceiras, como tênis e kits de alimentação.

Meia Maratona do Descobrimento bate recorde de competidores em Porto Seguro

O evento promovido pela Vida Sport, tem a parceria da Prefeitura Municipal de Porto Seguro, por meio das secretarias municipais de Esporte e Lazer, Saúde, Trânsito e Serviços Públicos e Relações Institucionais, além do Governo do Estado, por meio do FazAtleta. Também teve o apoio do Corpo de Bombeiros; Polícia Militar e empresas patrocinadoras.

O organizador, Antônio Vidal, destacou o aprimoramento das provas e as melhorias da estrutura e organização. “Trabalhamos neste projeto durante um ano para que pudéssemos elevar a qualidade da prova e enriquecer a programação. Conseguímos atingir nosso objetivo  porque planejamos e contamos com o apoio da comunidade que abraçou o projeto, da gestão municipal, Governo do Estado e parceiros. Isso prova, que quando nos unimos, conseguimos fazer ações grandiosas como esta, que ano que vem, será ainda melhor”, garantiu.

A Prefeita, Cláudia Oliveira, aponta “a parceria muito importante para promover grandes eventos, incrementar o turismo com o nicho esportivo e, sobretudo, estimular a cultura do esporte na cidade, trazendo as famílias com suas crianças para este mundo. No ano que vem será ainda melhor, somos um destino com vocação para grandes eventos esportivos”, disse, parabenizando a organização da Meia Maratona e aos atletas que participaram.

Resultados:

21 KM - Masc.

1º - Geofrey Kipchumba, Quênia (Tempo 01:05:47)

2º - Giovani dos Santos, Brasil (Tempo 01: 07:26)

3º - Fabrício Gomes, Petrópolis – RJ (Tempo 01: 11: 59)

21 KM – Fem

1ª - Sahron Chelmo, Quênia (Tempo 01: 22: 25)

2ª - Eliane Costa de Jesus, Salvador - BA (Tempo 01: 32: 18)

3ª - Taiane Nelo Lima, Brumado (Tempo 01: 32: 27)

10 KM – Masc

1º - Mairlon Santos de Oliveira, Bom Jesus da Lapa (Tempo 00: 34: 38)

2º - Diego Santos Barbosa (Tempo 00:34:44)

3º - Juliandro Pereira, Brumado (Tempo 00: 34: 50)

10 KM – Fem

1ª - Rúbia Fernanda Gonçaves, Arcos (Tempo 00: 44: 38)

2ª - Ana Paula dos Santos (Tempo 00: 45: 44)

3ª - Rose Ribeiro, Porto Seguro (Tempo 00:46:41)

5 KM – Masc

1º - Jucelino Oliveira, Vitória da Conquista (Tempo 00:15:28)

2º - Marcos Ricardo Lima, Timóteo – MG (Tempo 00:15:53)

3º - Anderley Pereira, Itabela (Tempo 00:16:03)

5 KM – Fem

1ª - Suzy Ruas Novais, Vitória da Conquista (Tempo 00:19:33)

2ª - Franciele Gasparini Neves, Vila Velha – ES (Tempo 00:20:33)

3ª - Kátia de Jesus Santos, Porto Seguro (Tempo 00:21:19)


Indígenas Masc 5 KM

1º - Leandro Silva da Conceição, Pataxó (Tempo 00:17:04)

2º - João Pedro da Silva, Pataxó (Tempo 00:17:56)

3º - Juliamar Silva Santos (Tempo 00:19:10)

Indígenas Fem 5KM

1ª - Auremir Morais Gonçaves, Pataxó (Tempo 00:23:22)

2ª - Adinolia Andrade, Pataxó (Tempo 00:24:20)

3ª - Josiane Couto, Pataxó (Tempo 00:26:25)


Cadeirantes Tradicional 5KM

1º - Cláudio Cangus

2º – Manoel Paulino

3º - Jacson Silva

Cadeirantes Triciclo 10 KM

1º - José Batista

2º - Agnaldo de Oliveira

3ª – Angelina Nascimento

Link

Kaio Oliveira, Devison Ferraz e Ralilly Sam vão animar o evento neste sábado. (Foto: Arquivo)

Falta pouco para a primeira edição de uma festa que promete agitar Itabela. O 1º Coffee Fest traz como atração principal Kaio Oliveira para o público aproveitar muita música boa neste sábado (13), a partir das 21h, na Arena Grassi.

K.O. promete agitar o público ao som dos hits do momento, seu repertório novo e os seus maiores sucessos, como “Cigana”, “Fábrica da Sofrência”, “O Que Falta Em Você Sou Eu”, “Não Era Pra Gostar de Mim”, “Amor de Novela” e “Meu I Love You”.

Quem completa a grade de atrações é o sertanejo irreverente de Ralilly Sam e o estouro do momento Deivisson Ferraz.

Destaque atual de vendas na região, a cerveja oficial do evento será a Devassa Puro Malte.

Quem quiser adquirir ingressos do lote promocional – que já está acabando – pode encontrar na Choperia Modenesi, localizada na Avenida Pedro Álvares Cabral, nº 248, centro de Itabela.

Organizadores do evento, HDias Produções e Arleilson Figueiredo destacaram ao BAHIA DIA A DIA o que o público pode esperar do evento. “Estamos organizando essa festa com muito empenho para Itabela e região curtirem ótimas atrações, música boa e cerveja gelada, tudo isso com muita segurança. Conto com a presença de todos nesse evento que promete ficar marcado em Itabela”.

Mais informações pelo telefone: (73) 98257-4544.

Nesta sexta-feira (12), o cantor irá participar de uma entrevista exclusiva no estúdio do BAHIA DIA A DIA, onde irá falar do show, além de música ao vivo e sorteio de ingressos.

Entrevista AO VIVO neste sexta-feira no BAHIA DIA A DIA

Link

O observador de aves Ivo Tomich Marcos conseguiu fotografar um uiraçu (Morphnus guianensis), uma ave de rapina considerada muito rara. O registro foi feito na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Estação Veracel, em Porto Seguro, no início da manhã do dia 19/03. Este é o segundo registro desta espécie de ave de rapina em uma área da Veracel Celulose. O outro ocorreu em 2012, em outra Área de Alto Valor de Conservação (AAVC) da empresa, no município de Belmonte, também no Sul da Bahia.

Ivo é observador de aves desde 2009 e já esteve na Estação Veracel em outras ocasiões. Essa foi a primeira vez que conseguiu o registro de uma ave tão rara. “Achei que era uma harpia, mas depois a equipe da RPPN esclareceu que era o uiraçu. Foi fantástico ver uma ave tão grande e rara”, comemorou o produtor rural. O uiraçu pode medir de 81 a 91 centímetros de comprimento.

O uiraçu é muito parecido com a harpia (Harpia harpyja), conhecida como gavião-real, que já foi várias vezes fotografada na RPPN. No ano passado, dois ninhos com filhote de harpia foram descobertos na reserva, que possui uma área de 6.069 hectares.

5º REGISTRO EM 200 ANOS - Segundo o ornitólogo Luciano Lima, o uiraçu é uma das aves de rapina mais raras do Brasil, mais até que a harpia. De acordo com o site WikiAves - plataforma colaborativa de observadores de aves, esta espécie de gavião é severamente ameaçada em vários estados no Brasil localizados na Mata Atlântica, sendo considerada “criticamente ameaçada” (CR) em São Paulo e Santa Catarina e “regionalmente extinta” (RE) no Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul.

Uiraçu (Morphnus guianensis), ave de rapina considerada muito rara é fotografada na RPPN da Veracel. (Foto: Ivo Tomich Marcos)

O registro do dia 19/03 foi o 5º na Bahia nos últimos 200 anos. O primeiro foi reportado pelo naturalista e príncipe Wied-Neuwied por volta de 1817. A espécie voltou a ser registrada em 1974, em Porto Seguro; e, em 1995 e 2012, em Belmonte.

O uiraçu depende de grandes extensões de florestas preservadas para sobreviver. “Estes dois registros recentes demonstram que pode haver uma população dessa espécie na região, o que reforça mais uma vez a importância estratégica das unidades de conservação que protegem as florestas de tabuleiro do sul da Bahia” disse Lima.

CIÊNCIA CIDADÃ – Para o ornitólogo, o fato do registro ter sido feito por um observador de aves reforça o papel fundamental dessa atividade para o monitoramento das espécies ameaçadas no país.

Em abril, foi iniciado o Observatório de Aves da RPPN Estação Veracel. Ele visa estimular a pesquisa, desenvolver a ciência cidadã e a educação ambiental, além de promover a conservação do meio ambiente. “O Observatório de Aves é um importante instrumento para o engajamento de pessoas, promovendo o conhecimento sobre as aves da região e ajudando também a despertar o interesse dos observadores de aves para o Sul da Bahia”, conclui Lima.

Além de pesquisas e monitoramento de aves, o observatório promoverá cursos, oficinas, festivais, dentre outras atividades com o tema aves.  

OUTRO REGISTRO RARO - A visita de uma juriti-vermelha (Geotrygon violacea) na RPPN foi registrada por uma das câmeras de monitoramento de fauna da reserva, no mês de fevereiro.  De acordo com o WikiAves, só há mais um registro dessa espécie no Estado da Bahia, em maio de 2012, no município de Belmonte, também em uma área da Veracel.

A juriti-vermelha, também conhecida como juriti-da-mata, é uma ave muito procurada pelos observadores de aves. O maior número de aparecimentos da juriti-vermelha é na Mata Atlântica, em fragmentos florestais bem preservados. Os poucos registros, principalmente na Bahia, colocam a ave na lista de espécie ameaçadas de extinção.

De comportamento arisco e solitário, a forma mais fácil para ver a espécie é seguir seu canto.

CÂMERAS DE MONITORAMENTO – O monitoramento da fauna na RPPN Estação Veracel é feito por câmeras trap. O objetivo é registrar imagens de animais silvestres, com mínima interferência na rotina deles. As câmeras possuem sensores de movimentos e temperaturas que são acionados com a presença dos animais. As imagens capturadas pela ferramenta compõem um banco de dados sobre a população de animais silvestres que circulam pela reserva.

Câmeras de monitoramento registram animais silvestres com mínima interferência na rotina deles. (Foto: Divulgação)

Só na última campanha deste monitoramento, foram registradas cinco espécies de animais que ainda não haviam sido catalogadas na Estação Veracel. São eles: irara (Eira barbara), gato-do-mato-pequeno (Leopardus tigrinus), mão-pelada (Procyon cancrivorus), tapiti (Sylvilagus brasiliensis) e ouriço-cacheiro (Erinaceus europaeus).

Link

Na data em que se comemora o Dia Mundial das Florestas, 21 de março, o Sul da Bahia merece destaque por possuir quase 90 mil hectares só em remanescentes de Mata Atlântica conservados, dentre eles quatro Parques Nacionais, um Refúgio de Vida Silvestre, 18 Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) e Áreas de Alto Valor de Conservação - isso sem levar em consideração as Áreas de Proteção Permanente (APP) e as áreas de Reserva Legal (RL).

A região, junto com o Norte do Espírito Santo, integra a Hileia Baiana (ou floresta de tabuleiro), que são áreas de florestas que possuem elementos típicos da Mata Atlântica e espécies com características da Floresta Amazônica. Entres as áreas de preservação do bioma Mata Atlântica, a RPPN Estação Veracel, com 6.069 hectares de floresta preservada, está entre as 20 de maior diversidade arbórea do mundo. Se estendendo pelos municípios de Santa Cruz Cabrália e de Porto Seguro, a RPPN Estação Veracel possui, em média, 360 espécies arbóreas por hectare como, por exemplo, um pequi-preto com mais de 600 anos de idade, um dos símbolos da importância da preservação ambiental na região.

Além do pequi-preto, na Estação Veracel é possível encontrar árvores centenárias como pau-brasil, jacarandá e jatobá bem como espécies com características da Floresta Amazônica como massaranduba, imbiruçu e gindiba.

A RPPN Estação Veracel fica a cerca de sete quilômetros em linha reta do Parque Nacional do Pau-Brasil com o qual integra o Corredor Central da Mata Atlântica, reconhecido pela Unesco por sua importância para a conservação da biodiversidade.

FLORESTA SEM ANIMAIS NÃO É FLORESTA – Além da grande variedade arbórea existente nesta área preservada, a reserva também é reconhecida por possuir uma grande variedade de animais silvestres, muitos deles ameaçados de extinção. Monitoramento realizado na área apontou a presença de 28 espécies de mamíferos, 267 espécies de aves e 40 espécies de anfíbios. Todos os animais são importantes para manter a vida nas florestas, uma vez que várias espécies arbóreas são dependentes deles para dispersão de suas sementes e retribuem com a oferta de alimento para a fauna silvestre.

Só na última campanha deste monitoramento, câmeras instaladas registraram cinco espécies de animais que ainda não tinham sido catalogadas na Estação Veracel. São eles: irara, gato-do-mato-pequeno, mão-pelada, tapiti e ouriço-cacheiro. Há quase dois anos, as câmeras registraram a presença de uma onça-pintada um animal topo de cadeia alimentar. Além deste mamífero, no ano passado, dois ninhos de harpia com filhote foram encontrados na RPPN também. A harpia é a maior ave de rapina das américas e também é um animal topo da cadeia alimentar, habitando as copas das árvores. A presença destes animais reforça a vitalidade da floresta.

Foto: Gato-do-mato-pequeno capturado do monitoramento está no livro vermelho da fauna brasileira ameaçada de extinção. (Foto:CENAP/ICMBio)
A Costa do Descobrimento também é um dos lugares de maior ocorrência e concentração de espécie de aves endêmicas da Mata Atlântica e ameaçadas de extinção. Entre elas, o crejoá, que tem despertado o interesse de observadores de aves do mundo pela região.

DESAFIOS – Apesar da região de merecer destaque pela conservação de importantes fragmentos da Mata Atlântica, a preservação da fauna e da flora, na região, ainda sofre ameaça constante devido à prática da caça, captura de animais silvestres e a extração ilegal de árvores nativas, principais crimes ambientais registrados no território da Costa do Descobrimento. De acordo com dados da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA), de 2015 a 2018, foram resgatados mais de 11 mil animais silvestres que haviam sido retirados de seu habitat.

Link

Evento gratuito busca potencializar a evolução econômica e capacitação de comerciantes e empresários na região

A Associação Pró Desenvolvimentista do Extremo Sul, (PRODEN), realizará nesta quarta-feira, vinte de março, o 1⁰ Workshop Associativismo Desenvolvimento Empresarial. O evento tem o objetivo de promover a capacitação dos empresários da região, fomentando a união das empresas em prol do crescimento econômico local.

A abertura do Workshop contará com a participação da coach empresarial, Neiva Maciel, que promoverá a integração dos participantes com aplicações práticas e musicalidade. “É uma excelente forma de ‘quebrar o gelo’ entre os participantes e integrá-los ao tema do encontro”, destacou Neiva.

O advogado e especialista em direito ambiental e direito corporativo, Leandro Mosello, abordará na palestra “Efetividade das Reformas e a Postura Empresarial”, o associativismo e o engajamento empresarial e conceitual. “O empresariado e os empreendedores precisam conhecer melhor sobre as reformas que já foram realizadas no país bem como as que ainda estão em curso, para que ele as implemente de forma mais efetiva”, salientou Mosello.

O doutor em controladoria e contabilidade, Robson Braga, abordará, na palestra “Formação de Preço em Serviço”, questões relevantes que devem ser consideradas no processo de formação de preço de venda, especialmente, na área de serviços. “Além dos aspectos relacionados aos custos, daremos destaque a fatores que muitos empresários não consideram e que são decisivos para o sucesso no processo de precificação e negociação com clientes”, disse Braga.

O encontro acontecerá no auditório da Proden, na Avenida Conselheiro Luís Viana, 482 A, em Eunápolis. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo telefone ou Whatsapp (73) 99977 – 5088. Vagas limitadas. Mais informações poderão ser obtidas pelo telefone (73) 3261 5625.

Link

Reconhecida por seus colaboradores por proporcionar um ótimo ambiente de trabalho, a Veracel Celulose passa a compor o grupo de empresas certificadas com o selo global da Great Place to Work, consultoria que analisa práticas organizacionais pelo mundo. A certificação ocorre por meio de uma pesquisa de clima e engajamento com os colaboradores das organizações e é concedida apenas àquelas que são bem avaliadas por mais de 70% do seu público interno.

A Veracel contou com o engajamento de 82% dos seus funcionários no levantamento e mais de 600 formulários respondidos. O resultado apontou que 83% dos participantes estão satisfeitos e consideram a Veracel um ótimo lugar para se trabalhar, avaliando positivamente a empresa nos pilares: credibilidade, respeito, imparcialidade, orgulho e camaradagem.

Para Andreas Birmoser, presidente da Veracel, a satisfação e o bem estar dos funcionários são aspectos que impactam positivamente o negócio e, portanto uma prioridade de gestão. “Proporcionar um ambiente de trabalho saudável e com oportunidades de carreira e desenvolvimento só é possível quando fazem parte de uma cultura organizacional baseada na confiança, no respeito e no diálogo. Esse é um compromisso defendido por todos que trabalham na Veracel e estou feliz por ver refletido no resultado da pesquisa”, defende.

Página: 1